Entenda os Indivíduos Assexuais

A Malhação ID este ano aborda um mundo complexo e pouco desconhecido, é o mundo do Alê, personagem assexual vivido pelo ator William Barbier.

Resolvi então pesquisar um pouco mais sobre a HSDD ou Desordem do Desejo Sexual Hipoativo para apresentar a vocês.

O que é a assexualidade?

Alfred Kinsey originalmente definiu o grupo que ele nomeou assexuais como pessoas que não possuíam atração sexual por outras pessoas. É importante entender que aqui o sentido do termo “atração sexual” é o mesmo de interesse ou desejo. Assim assexual é quem não tem atração/interesse/desejo sexual por outras pessoas.

Confusão no Comportamento Assexual

Acreditava-se que alguém (preferencialmente homem) que não sentia desejo sexual outras pessoas era doente. E esta doença estava em alguma parte do seu corpo já que a mente sempre foi tratada como algo que transcende o corpo em suas pulsões e desejos. A grande maioria das doenças altera nossa comportamento de alguma forma. Por isso as pessoas (quando ainda achavam que assexualidade era uma doença) viam os assexuais com perfis estereotipados bem característicos: anti-sociais,  afeminados,  rudes,  indelicados,  desafetivos,  entre outros.

Entenda melhor os indivíduos assexuados acessando o www.assexualidade.com.br

Aí você se pergunta, e isso é tão comum assim? Bem… vamos às estatísticas…

Três quartos dos pacientes que procuram o Centro de Medicina Sexual da Universidade de Boston não sentem qualquer desejo sexual, diz Irwin Goldstein, diretor da instituição, que também é editor do periódico “The Journal of Sexual Medicine”. “Chamamos isso de desordem do desejo sexual hipoativo (HSDD, na sigla em inglês)”, explica ele. Porém, a falta de interesse por sexo não é necessariamente uma desordem ou sequer um problema. A não ser, apressa-se a acrescentar Goldstein, que isso cause sofrimento, ao, por exemplo, causar conflitos no casamento ou na relação amorosa.

Em 2004, o psicólogo canadense Anthony Bogaert analisou uma pesquisa feita com 18 mil britânicos e chegou à conclusão de que 44% das pessoas que não tinham interesse em sexo estavam casadas, viviam com parceiros ou já haviam passado por uma das opções. Porém, o estudo mostra que até 1,1% dos adultos podem ser assexuais ou não ter atração sexual duradoura.

No Brasil, o Projeto Sexualidade desenvolvido pela Universidade de São Paulo (USP) realizou uma pesquisa com sete mil pessoas e foi descoberto que 7,7% das mulheres e 2,5% dos homens não fazem sexo e não sentem falta de fazer.

Certo ou errado?

Pode-se pensar que ao evitar o sexo e todas as emoções e responsabilidades que o acompanham, sem falar dos riscos à saúde, os assexuados podem ter uma vida comparativamente mais fácil.

“Mas creio que nós trocamos tudo isso por um tipo diferente de problema”, diz Jay. “O sexo é peça central da vida de várias formas, e um dos verdadeiros desafios para quem é assexuado (lê-se assexual) é tentar descobrir onde se encaixar”.

Leia outros depoimentos no HSDD – Pessoas Assexuadas

A comunidade no Orkut: Assexual, assexuais – sobre, atualmente com 221 membros descreve:

Há vários tipos indivíduos assexuais. Podendo ser divididos por grupos: um grupo A tem direção sexual, mas sem atração romântica, um grupo B tem atração romântica mas não tem direção sexual, um do grupo C tem ambos, e o grupo D, nenhum.

#FicaDica

Com frequência recebemos projetos de Sexualidade desenvolvidos em nossas escolas estaduais. Que tal acrescentar uma discussão sobre os indivíduos assexuais? O comportamento e os problemas vivenciados por essas pessoas poderão  servir de análise, bem como descoberta para nossos jovens.

Fonte da Imagem: Ego – Notícias

Leia também:

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook

43 Respostas para “Entenda os Indivíduos Assexuais”

  1. achei que só as plantas eram assexuais…

  2. Não discordo. Pensando bem, é isso mesmo.

    Olha só!

    http://migre.me/168oh

  3. Nany, …
    Eu conheço uma pessoa assexuada e isso causa mtos conflitos em relações amorosas. Essa pessoa namora mas ñ faz sexo.

  4. Enviar links – Agregar conteúdo – Divulgar blog

    http://migre.me/16dv4

  5. Discordo da afirmação que “o sexo é a peça central da vida”.
    Não creio que o ser humano, com as infinitas habilidades intelectuais e físicas, fique preso à uma situação que ofereça um prazer tão passageiro.

  6. É Bruno, para algumas pessoas o ato sexual é mais que necessário, ou seja, o indivíduo precisa da relação. O depoimento da pessoa revela uma situação parecida… Seu pensamento é válido e consistente.

  7. Nany, esperamos que tenha gostado da postagem e percebido o quão interessante é esse universo da ’sexualidade’.

  8. Novo Agregador…
    Publique seus links em http://www.vagabundando.com

  9. conheço uma moça que não se interessa por nenhuma pessoa, diz q não sente falta de absolutamente nada disso, nunca transou e parece não ter problema nenhum com isso,não beija, enfim vive sozinha!!! aff, axo q eu não conseguiria!!!!

  10. Agradecemos a dica Thiago, vamos olhar esse novo agregador

  11. “o sexo é a peça central da vida”
    Sim ele é. Pelo menos do ponto de vista biológico. Nós viemos do sexo, vivemos para o sexo e morremos, de certa forma, por causa dele. Não deve-se pensar em sexo como um ato irracional para suprir uma necessidade hormonal, mas sim, como simples reprodução. Vivemos para fazer cópias genéticas de nós mesmos e espalhá-las pelo mundo. Chame de sexo se quiser.
    =]

  12. Otima materia!
    Me esclareceu mto, pois tenho 1 amiga e 1 amigo assim!!!

    Pensando bem, creio q me encaixo, de certa maneira, nisso. hehehe
    Sexo pra mim é dispensavel.
    Tive otimos relacionamentos, senti prazer, tive orgasmos….maaasss, realmente, não me faz falta.

  13. Sexo é só uma coisinha de nada no mundo.
    Há tantas coisas melhores que sexo, por exemplo, CHOCOLATE, COCA COLA, /to zuando;
    Mas concordo com o Bruno, e discordo do aspecto de que o sexo é o centro de tudo.
    existem coisas que trazem prazer douradouro e é mais importante;

  14. É Samuel se pensarmos no ciclo de vida, o sexo é indispensável já que é por meio dele que a reprodução acontece e novos indivíduos nascem…

  15. Que bom Milena que pudemos ajudá-la a conhecer um pouquinho dos nossos amigos/colegas assexuais… Volte quando quiser.

  16. Ah, eu sou assexuado desde que me entendo por gente. Muitas meninas até hoje gostam de mim, até minhas primas já deram em cima de mim e eu descobri por causa disso, porque eu ficava muito constrangido e nunca me pensei tendo uma namorada, ou coisa do tipo. Quando uma menina vem pedindo pra ficar comigo eu me sinto muito mal porque não me sinto atraída a ela e nunca tive 2º’s intenções com ninguém.

  17. Obrigado pelo depoimento Lucas, é bom saber um pouco mais sobre o comportamento do homem perante a sexualidade…

  18. Sou casada e sou assexuada, faço parte do grupo B, tenho atração romantica, mas nao tenho direção sexual, não sinto desejo algum. Imaginem o quanto sofro no meu casamento, meu marido não tem ideia de que sou, mas ele percebe que sou meio diferente. Verdadeiramente gosto dele, mas vivo uma vida que não é minha, faço o que não quero fazer, infelizemnte fui entender isso que acontecia comigo há uns 2 anos. Antes não tinha ideia que existia esse tipo de pessoa, pra mim sempre foi hetero ou homo, e por várias vezes fui chamada de lésbica por alguns “amigos” que não compreendiam minha condição e eu tb não sabia explicar que não sinto atração por nenhum sexo…Como sofri e ainda sofro.

  19. Andy Martins 22. ago, 2010 at 4:01

    Gostei de ler sobre algo do qual me identifico. Porém se isso for passado a frente, vejo que logo com um certo modismo eu serei discriminado pois irão dizer agora: Ah você é assexual só por causa da Malhação.
    O modismo é por conta de algo conhecido por muitos, de que hoje em dia ser Bissexual não é ter uma opção sexual diferente, e sim ser bissexual porque os outros são e porque é “legal”?
    Bem, de volta a ser ignorante e não ligar para isso.
    Enfim adorei a postagem.

  20. “Quando uma menina vem pedindo pra ficar comigo eu me sinto muito mal porque não me sinto ATRAÍDA a ela e nunca tive 2º’s intenções com ninguém.”

    vc não é assexuado, vc é …

  21. Depois de muito anos descobri que meu marido é assexuado. Pelos menos agora já espero com mais calma o dia da minha “sorte”. Pior do que viver sem sexo (ou seja raramente) é viver sem ele, mas é uma tortura estar perto da pessoa que eu amo, que me sinto atraída, mas que foge direto. Já fiz de tudo para mudar essa situação que eu não entendia, descobri a poucos dias quando me desabafava mais uma vez com uma amiga. Agora, estou conhecendo um novo assunto e espero estar mudando a minha maneira de ser com ele, conversar com ele sobre isso não vai mudar, então quero aprender cada vez mais e mais a lidar com o amor incondicional.

  22. Compreendo o mal-estar que suscita a condição de assexuado numa relação conjugal.Sei dos conflitos, frustrações, remorsos e fracassos que provoca.O cônjuge julga-se mal amado ou não-amado, tamanha a confusão feita entre amor e sexo nos moldes social e culturalmente estabelecidos.Existe, entretanto, uma saída honrosa para “salvar” a relação conjugal:permitir sem condescendência,com alegria e cumplicidade, que a pessoa amada possa vivenciar sem sentimento de culpa um relacionamento puramente sexual por fora para satisfazer seus mais íntimos desejos.E posso garantir que isso funciona !

  23. bruno caragiu 25. nov, 2010 at 15:28

    eu não tenho nenhum tipo de preconceito para mim todas as pessoas são iguais

  24. bruno caragiu 25. nov, 2010 at 15:38

    cara eu nem sabia disso.mas mesmo assim eu não me importo pra mim esta tudo ok!

  25. manoel caragiu 25. nov, 2010 at 15:40

    eu nem me importo,com esse tipo de pessoas preconceituosas pra mim cada um tem seu jeito

  26. Na verdade Bruno as pessoas são todas diferentes em suas atitudes e valores, cabe a nós respeitarmos para uma boa convivência.

  27. Bem descrito Philippe o cuidado e respeito ao outro é muito importante nas relações afetivas.

  28. Acho que Deus fez os homens/mulheres sua imagem e semelhança, e que deu a eles o sexo como forma de procriar e multiplicar a espécie não como forma de prazer. Infelizmente a humanidade é podre! Somos todos mortais e pecadores…Sexo não é pecado mas, tudo em demasia ou em excesso é prejudicial…toda ação tem uma reação e toda causa tem uma efeito, conseqüentemente uma conseqüência.”Sexo por amor é bem mais gostoso do que sexo por sexo sem fundamento, sem motivo, sem propósito, sem porque”,prazer por puro prazer não é prazer, e cansa um dia! Onde fica o afeto? É sexo mecânico,O barato, sai caro, entende? Sem contar que, Sexo vicia! Bom mesmo é estar com quem se ama, sem culpas, sem arrependimentos ou erros…tenho pra mim que o sexo responsável e seguro é a expressão do amor, e suas conseqüências nada mais é do que o maior do prazer, estar com quem se ama, e só! quando não se ama ou não esta com quem se ama,ou esse prazer não existe, ou se extingue, ou se anula, ou se tenta esquecer, embora não seja tão simples assim, o ser humano é muito complexo, cada ser é um ser individual e indivisível e absoluto, não pode ser só sexo e pronto, tem que ter algo mais, se não?! não tem porque. Uma pessoa ativa sexualmente falando deve escolher bem os seus parceiros…Tomar cuidado para não se machucar depois. O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE USE MODERADAMENTE, POIS EM EXCESSO PODE CAUSAR DANOS INREVERSIVEL SENDO PREJUDICIAL A SAÚDE, E PODE AFETAR O PSICOLÓGICOS, O FÍSICOS E A MORAL.

  29. COMPLETANDO,… A AUSÊNCIA TOTAL DO SEXO NÃO É NADA LEGAL! É O AVESSO DA TARA…ASSIM COMO O EXCESSO DELE, PODE TRAZER DISTÚRBIOS DE ORIGEM MENTAL.

  30. henrique leão 18. abr, 2011 at 11:27

    Oi,

    Sou Henrique Leão e estou produzindo um programa “Perspectivas” sobre sexualidades, realizado pela ONG Fábrica de Imagens, em Fortaleza . Vi uma matéria sobre “os assexuais”, na revista ISTO É. E gostaria de entrar em contato com alguém que faça parte do movimento e saber se existem adeptos em Fortaleza. O intuito do programa é discutir a sexualidade em todos suas faces e orientações. Como esse movimento surgi como legitimo, penso que é interessante abrir espaço para discussão social sobre o assunto. Aguardo um retorno.

    Agradeço Antecipadamente pela Atenção

    Henrique Leão

    Fábrica de Imagens

  31. Olá Henrique,

    Interessante tua proposta, caso alguém entre em contato, iremos procurá-lo.

    abraços

  32. infelizmente isso vai virar modismo daki a algum tempo :| que nen a bissexualidade

  33. Nós assexuados encontramos prazer absoluto sem ser sóóóóóó no sexo(por isso naum ha falta)
    Sou bi mas assexuada. Gosto de me relacionar mas naum para sexo e sim para ter um contato mais alma com alma.
    Existem infinitos jeitos de amar infinitamente
    Se alguem stiver interessado(a)(a)(a) rs…

  34. Pessoal, acho legal este tema ser abordado nos meios de comunicação. Bom, sou assexuado e me sinto muito bem assim, mas este é o meu caso. acho que devemos procurar ser felizes e se você é assexual e não se sente feliz com a situação, procure algum tipo de ajuda especializada. Viver deve sempre valer a pena, por isso devemos correr atrás de nossa felicidade. Se você quer permanecer assexuado, não tem problema, busque um(a) parceiro(a) como você. Abraço para todos. Edu (http://assexuado.blogspot.com)

  35. Ah, eu sou assexuado desde que me entendo por gente[x2] antes mesmo de aparecer na novela (serie, sei la… eu nao vejo) ja sabia de mim.

  36. Olá eu sou assexuado e isso pra mim é normal eu não sinto atração por nenhum sexo oposto ou pelo mesmo sexo mais eu pretendo me casar com mulher e ter filhos mais por enquanto eu quero ser feliz sozinho e pretendo reverter essa situação meus pais não sabem disso e não sei se terei coregem de falar para eles quando eu descobrir que eu sou assexuado quando eu tive a minha primeira namorada eu no começo achei estranho deu não gostar da minha namorada e os dias parassaram e fui descobrindo que nem de sexo eu tinha vontade até eu ver a malhação id e descobrir quem eu sou de verdade mas a minha vida continua normal só que eu queria mesmo e de alguem que me entenda por acho que ninguem vai me entender

  37. Eu já tinha esse conhecimento mas precisava saber mais. Muito interessante sou uma assexual do tipo C, pois tenho desejos, atrações mas não exagerados.já fui casada e tenho um filho. Meu interesse por sexo é leve, moderado, se tenho parceiro ótimo, sou sou recíproca,parceira, cúmplice. Se não tenho parceiro, não fico subindo pelas paredes. Vivo a vida, sou vaidosa e me amo.

  38. - o mundo simplesmente não está preparado para pessoas como nós- assexuados.

    Lembrando que há assexuados de todos os tipos , não dá pra generalizar ok ?
    Assim como há varias tipos de gays.

  39. - o mundo simplesmente não está preparado para pessoas como nós- assexuados.

    Lembrando que há assexuados de todos os tipos , não dá pra generalizar ok ?
    Assim como há varios tipos de gays.

  40. Sou assexual a algum tempo, e tive (e ainda tenho alguns) problemas para entender, sempre achei que tinha algo errado, fui a dois psicólogos de linhas diferentes e endocrinologistas, estava tudo normal. Só quando tomei ciência da existência da assexualidade é que percebi o quão isso era compatível. Fui novamente a uma psicóloga, e contei sobre minha situação, ponderamos a situação, e concluímos que realmente essa opção era a mais plausível. Hoje faço psicologia e posso dizer que preconceito existe sim, inclusive dentro do meio. Infelizmente.

  41. Em todo tempo de vida eu me sentia estranha, diferente perto das minhas amigas. Desde quando comecei a ter uma vida social mais agitada por volta dos meus 12 anos, eu nunca me senti diretamente atraída por alguém. Hoje tenho 18 anos e desde então foi assim… É difícil eu ficar com alguém mas eu não consigo sentir nada por ninguém. Eu gosto de pessoas carinhosas, que gostam de conversar sabe? E infelizmente eu só consigo ver na maioria das pessoas hoje, que se relacionam mais pra ter um prazer sexual do que pelo carinho. Eu não me sinto bem ficando com alguém primeiro porque não sinto nada ( apenas vontade de ficar sozinha ), não sinto atração forte, digamos sexual por ninguém. E é horrível porque me sinto deslocada no meio das minhas amigas que namoram, se interessam pelos meninos enquanto eu sinto vontade de estar sozinha porque sei que é meio impossível me relacionar com alguém apenas pelo carinho, companheirismo que pra mim é a maior prova de respeito e amor do mundo. Não vou negar que nunca sofri com isso porque sofro todos os dias. Minha família brica comigo que vou ficar pra titia se não arrumar namorado entre outras coisas mas no fundo eu sei que se mais tarde eu continuar assim, eles vão pensar que tenho algum problema porque é dificil de entender esse tipo de coisa. Eu mesma não consigo explicar oque eu sinto. Eu sinto vontade de estar com alguém apenas pelo carinho, compartilhar coisas boas e ruins e amar o ser humano sabe? Mas eu sei que é dificil porque o sexo está presente na vida de quase todo mundo e é muito ruim saber que eu nunca vou conseguir me sentir bem de verdade ao lado de alguém que me olha diferente, com desejo. No meu caso, acho que sou assexuada do tipo B. Realmente é muito dificil lidar com isso, foi mais dificil ainda quando eu era menor mas hoje a cada dia que passa eu aprendo mais sobre mim mesma mas esse medo de ser assim o resto da vida me apavora e muito. Eu amo as pessoas pelo que elas são e não pelo sexo, pelo que elas tem de valor ou aparência. É dificil de se entender… Enfim, não sei se falei claramente, me desculpe se não consegui expressar oque eu penso e meu jeito mas é isso. Obrigada